O peso das dietas – Resenha

O peso das dietas

Meu peso sempre foi um problema para mim, com momentos que estou gorda e momentos que estou magra. Por causa disso sempre pesquisei sobre o assunto em livros e sites, de preferência com referências científicas. Esse “hábito” (ainda não sei se bom ou ruim, sinceramente) criou em mim várias crenças sobre como engordamos, como emagrecemos e o efeito da alimentação sobre nossos corpos e nossas vidas.

Agora, mesmo querendo me livrar dessas crenças não conseguia, afinal, eu as tinha aprendido com “autoridades“.

Finalmente, encontrei a Dra. Sophie Deram, uma nutricionista com autoridade suficiente para me convencer. Ser contra dietas num mundo dominado pela mentalidade das dietas é praticamente um ato de rebeldia. Mas, a Dra. Sophie não se intimidou nem um pouco em seu livro “O peso das dietas” – agora pela Editora Sextante – ao desmascarar as diversas crenças que envolvem o assunto e até relacionar as próprias dietas como uma das principais causas da obesidade.

Apesar de contar sim com dados científicos, relacionando o que há de mais moderno descoberto nas áreas de nutrigenômica (ciência que estuda como os alimentos “conversam” com os genes) e neurociências, a leitura é leve e fácil de entender, sem ser superficial.

Outro aspecto que adorei na leitura, foi a forma humana da autora em abordar o assunto, tratando as pessoas como seres individuais e não máquinas que respondem a números; mostra que é nosso cérebro que controla nosso peso (e não nosso metabolismo); e apresenta uma nova proposta do que é uma “alimentação saudável”. Além disso, ela relembra os diversos papéis que a alimentação ocupa em nossas vidas: nutrir o corpo, as emoções (o tal do Comfort Food) e as relações.

Comer não é só se nutrir. É também uma festa, um ato social, um momento mágico que alimenta o corpo e a alma.– Sophie Deram

Por isso, a Dra. Sophie enfatiza tanto a retomada dos hábitos de cozinhar e saborear de forma prazerosa – e sem culpa – uma refeição junto com os entes queridos. Hábitos, aliás, típicos dos franceses (a autora nasceu e foi criada na França, e hoje mora no Brasil) e que, provavelmente explicam porque os franceses mantém a boa forma há tantos anos.

A Unesco, Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura, declarou que o comportamento gastronômico dos franceses é um patrimônio da humanidade.– Sophie Deram

Após apresentar todos os motivos pelos quais as dietas são problemáticas e colaboram com o aumento de peso e o comportamento transtornado diante da comida, Sophie Deram nos introduz, também, ao mundo da gastronomia. Sim, essa parte me surpreendeu muito, pois nem mesmo as receitas apresentadas no livro têm tabelas de macros e calorias! Na verdade, elas são um convite a um novo estilo de vida, cheio de prazeres e zero de culpa.

Com um pouco de organização, criatividade e disposição, é possível inserir a gastronomia na sua rotina.– Sophie Deram

Minha dica é: se você cansou dessa vida de infinitas dietas, insatisfação com o corpo e tem uma relação problemática com a comida, “O Peso das dietas” pode ser, ao menos, o início da sua virada. Leia, marque, releia… Consulte sempre que for necessário para reforçar o que realmente vale à pena. Se preferir, a própria autora tem um programa on line – o Efeito Sophie – para te ajudar nessa virada.

Compre o livro aqui

Se interessou pelo livro O Peso das Dietas  da Sophie Deram? Compre através de um dos links abaixo e ajude a manter o site. Obrigada!

O peso das dietas - capa

Amazon

Fnac

Livraria da Travessa

Americanas

 

NO COMMENTS

GIVE A REPLY