A rotina pode ser um veneno silencioso e confortável

A rotina pode ser um veneno silencioso e confortável

A rotina pode ser um veneno silencioso e confortável

Você já parou pra pensar que pode estar sendo envenenado pela sua própria rotina? Difícil de acreditar? Nem tanto.

É tão fácil cairmos em todo tipo de rotina: de trabalho, do dia-a-dia, dos relacionamentos, até do sexo (!) que nem percebemos como nos tornamos um robô repetindo dia após dia a mesma coisa, como se estivéssemos apenas preenchendo uma lacuna de tempo.

Depois de um certo tempo, não é de se admirar que o tédio e a insatisfação apareçam, mas em geral pensamos que é assim mesmo, que faz parte da vida. Na verdade, acho que nos sentimos confortáveis, pois conseguimos colocar no automático tudo que nos é desagradável, e isso “dói menos”.

Mas vou te contar revelar um segredo: isso não é verdade!

Quando sua vida se resume a uma rotina tediosa e automática, quando o tédio bater a sua porta, está na hora de reagir antes que o veneno acabe por te matar. Em alguns casos, literalmente. Nossas vidas não podem se reduzir a meras tarefas diárias que nos reduzem a peças dentro de uma engrenagem; somos mais que isso.

Como indivíduos somos completos e 100% capazes, e quando aceitamos ser menos que isso, é praticamente um suicídio disfarçado; nosso dia-a-dia deveria ser preenchido apenas por aquilo que nos dá tesão, alegria, que nos faz sentir pulsando!

Em tempos de redes sociais é tão comum ver todo mundo reclamando da segunda-feira, esperando pela sexta (ou fim de semana), pelo próximo feriado (independente do seu significado), ou pelas férias. E sinceramente, mesmo quando esse dia chega, nada muda, aí surge apenas a rotina do dia de folga, e a espera continua…

Particularmente eu tenho problema com a rotina, com a vida no piloto automático, e sempre que me sinto nessa situação algo acontece para me forçar a tomar uma atitude, ou ao menos voltar para o presente e prestar atenção no meu AGORA (quando entramos no automático tendemos a nos focar no passado ou no futuro).

Talvez por isso as segundas-feiras sejam um dia tão produtivo para mim, na verdade, em geral, é o dia que me sinto mais energizada, mais empolgada e as ideias fluem com mais facilidade. Ou talvez eu seja apenas aquela que é do contra mesmo 🙂

A rotina esconde todas suas infinitas possibilidades

A verdade, é que não existe dia para ser feliz, para ser criativo, para ser pleno. A cada nova respiração nos está sendo dada uma nova oportunidade, e precisamos fazer nosso melhor com ela, e não apenas repetir algo por ser confortável.

Colocar a vida no piloto automático, encarar a rotina (constante) como algo saudável significa abdicar do nosso poder e aceitar a condição de vítima numa história que não nos pertence.

Algumas práticas, como a meditação, e explorar mais tudo aquilo que te dá prazer, pode ser uma opção para começar a sair da rotina. Ao menos, aceite o desafio de fazer algo novo todos os dias, mesmo que seja mudar o trajeto até o trabalho ou usar as meias pelo avesso.

O simples fato de você decidir mudar como você vive hoje te abrirá as portas para novas possibilidades, e com certeza uma delas é que te permitirá ser mais feliz.

NO COMMENTS

GIVE A REPLY