Sobre o Desafio 30 Dias de Escrita

Sobre o desafio 30 dias de escrita

Esse mês iniciei o Desafio de Escrita  promovido pelo Ninho de Escritores no Facebook. O desafio é criar um texto por dia com os assuntos propostos e postar usando as hashtags promocionais.

prompts do desafio

 

Isso não deveria ser exatamente um desafio para um escritor, não é? Mas acredito que todo escritor em início de carreira passa pela dificuldade de “arrumar tempo” para escrever. Não que a gente não tenha tempo, na verdade, usamos qualquer desculpa para adiar esse compromisso com a gente mesmo. E comigo não é diferente.

Além disso tem todo aquele lance da exposição, crítica sei lá mais o que. Nosso ego não gosta de ser criticado, não importa nossa idade nem nossa evolução: se tem ego, ele se manifesta em defesa própria, nem que seja através do medo e da auto sabotagem para se proteger.

Sendo assim, passada a primeira semana, comecei a fazer uma análise de como tem sido essa experiência e, realmente, está sendo incrível! Ok, ainda não está sendo dessa vez que fiquei famosa, mas o simples fato de criar o hábito de ter que postar todos os dias (e isso inclui finais de semana e feriados se for o caso) já me permitiu retomar meu projeto principal: MEU PRÓPRIO LIVRO!!!

Apesar dele ainda estar no início, posso dizer que nunca escrevi tanto como escrevi essa semana e estou otimista de que as próximas sejam ainda mais produtivas. Agora, me divido escrevendo para o desafio, para o blog e para o livro. E estou disposta a me dividir ainda mais se for preciso; escrever pode virar um vício, assim como a leitura. Mas nesse caso é mais legal, porque é minha criação hahahaha…

Sério, estou muito empolgada, e precisava registrar isso, da melhor forma que sei: escrevendo.

Outra coisa que estou descobrindo com os temas desse desafio é como eu sou desapegada de memórias. Em geral não consigo me lembrar de nada tão marcante, a não ser que seja algum acontecimento bem recente. Eu poderia escrever toda minha vida de forma energética e emocional, mas não baseada em acontecimentos. Alguns diriam que minha memória é ruim, mas ei, eu não curto viver no passado! Pelo menos não conscientemente.

No final, parece que  importante mesmo é o começo, não é?

Se quiser acompanhar os posts do desafio estão em todas as minhas redes sociais (veja os links no topo direito do site), e você pode seguir com a hashtag #ggnodesafio2018.

COMMENT ( 1 )

GIVE A REPLY